©
 
Cuidado com quem você chama de “amiga”

 
E por mim, alguém lutaria?